CULTURA

Neste sábado, Dia de 'Rock Bebê’, ou melhor, do Rock do HG

25/05/2024 09:00




 Falar do Rock do HG em Ponte Nova (marcado para este sábado, 25/5) dá vontade de voltar no tempo e contar com detalhes tudo o que ali aconteceu e a importância para o nosso cenário musical. Muitos músicos que hoje estão na área começaram ou passaram pelas dependências do Hotel Glória/HG.

Ocorre que, após o encerramento das atividades do Hotel, o prédio (hoje em obra de restauração) ficou sob “cuidado” de Ananias Alves, conhecido como Mistherana, agitador cultural muito conhecido em meados de 2002.

As salas, na verdade antes quartos do Hotel, foram “cedidos” para que os artistas ali ensaiassem. Cada grupo tinha o seu “studio” e um apoiava o outro, como informa a coluna Arte & Cultura, para acrescentar:  "Com o tempo, foram nascendo bandas de vários estilos musicais e todas em busca de oportunidade para entrar no mercado da música."

O fato é que as bandas passaram a participar de festivais, procurando - na luta pelo reconhecimento - mostrar ao máximo os seus trabalhos . E o mais importante: todo esse movimento contribuiu para a manutenção do Hotel Glória, uma vez que estava se tornando um imenso patrimônio cultural relegado às piores previsões. Com toda certeza, esses artistas foram fundamentais para mantê-lo “de pé”.

 Mistherana falou com euforia ao tocar nesse assunto:

“Perante esses caminhos, tenho enorme gratidão com todos os envolvidos, que de forma direta ou indireta contribuíram com a manutenção do Hotel Glória, pois não tínhamos renda monetária para manter o hotel desativado. Juntamos, porém, a música, a coragem e a união para manter vivo o que sobrou. Agradeço a Deus e a todos que tiveram a oportunidade de viver esse momento.”

Citamos algumas bandas do HG: “Voto Nulo”, de punk rock (vocalista Davi Primavera); “Mazmorra”, de heavy metal (vocalista Sandrinho Tolentino); “Farol Verde”, de pop rock (vocalista Lucas Chaves); e “Turano HG”, de punk rock (vocalista Felipe Evaristo).

Se pensarmos que uma banda tem em média 5 componentes, só neste cenário tínhamos 20 músicos ativos, sem falar nos músicos individuais que por lá “aprontaram”.

Embora a movimentação em torno do Hotel tenha começado em meados de 2002, as edições do Rock do HG aconteceram no período de 2005 a 2007, no seu pátio interno. Em 2008, houve uma edição no galpão ao lado e uma edição em 2015 dentro da programação oficial do Festival de Inverno, que contou com apresentação das Bandas “Mazmorra”, “Vinil”, “Oxy Urus” e “Hellstorm”.

Enfatiza Matheus Oliveira, coordenador de Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Comunicação:

“A retomada do Rock do HG em 2023, para além de uma ação de difusão do Patrimônio Cultural, foi o resgate de um movimento cultural que marcou época na cidade. Com as obras de restauração do Hotel Glória, é de suma importância o estreitamento de laços entre a população e o bem tombado pelo município. Nesse sentido, o Rock do HG cumpre papel fundamental enquanto manifestação cultural e agenda voltada à preservação do Hotel.

Em 2023, a sua retomada mostrou o quanto de memórias afetivas este evento trouxe à tona.  Para este ano, o evento traz bandas que prometem fazer o Rock do HG 2024 superar as expectativas do ano anterior. Mantivemos a ideia de ter uma banda da cidade - ‘Mr. Madman’ - e duas bandas de fora - ‘Honey Bomb’ (só com mulheres), de Belo Horizonte, e ‘ANR/Acoustic N’Roll’, de Juiz de Fora -, proporcionando intercâmbio cultural e fortalecendo a cena do rock na cidade.

Esta edição também terá participação especial da Corporação Musical União Sete de Setembro, bem imaterial do município, apresentando vários clássicos do rock no formato de orquestra.”

Por sua vez, declara o músico Felipe Evaristo: 

“Saber que hoje o Rock do HG faz parte da agenda cultural da Prefeitura Municipal de Ponte Nova me deixa muito feliz, pois participei de todas as edições realizadas ainda dentro do Hotel Glória, de forma independente. Quando iniciei meus estudos na guitarra, meses depois fui indicado pelo meu professor para integrar a banda ‘Turano HG’, que tinha com frequência ensaios no Hotel e levava o próprio nome do local. Essa foi a minha primeira banda. Hoje trabalho profissionalmente com música e ainda carrego todo o aprendizado daquela época. Foram dias de luta! E hoje vivemos dias de glória! Desejo todo o sucesso ao Rock do HG.”

 







UID:11576143/16/06/2024 10:01 | 0