GENTE & NEGÓCIOS

Inaugurada em Ponte Nova a Sensatur Viagens

23/08/2023 16:00




 A Sensatur Viagens é especialista em destinos argentinos e também personaliza pacotes de experiência para diversos outros endereços nacionais ou internacionais.

A empresa fica no Edifício Office: rua Dr. Antônio Gonçalves Lanna, 142/Sala 704 -Guarapiranga/Ponte Nova. Num mercado tão competitivo, a Sensatur Viagens oferece roteiros com foco na “experiência de viagens”.

Destaca Michel Pataro/sócio proprietário: “Cada cliente é entrevistado para que se entendam as suas expectativas, motivações e preferências. Com base nisso, trabalhamos com ‘pacote de experiências’ e roteiro personalizado, propondo a combinação do destino às características de cada viajante.”

Fundador da empresa, o casal Michel e Camila Pataro morou por mais de 13 anos na Argentina, em diferentes províncias. Suas experiências em meio a tantas viagens, conhecendo lugares, pessoas e costumes, motivaram a abertura da Sensatur Viagens em Ponte Nova. “Sensatur” nasceu da ideia de se unirem viagens às boas sensações.

Confira a seguir a entrevista com Michel Pataro:

1 - Como avalia o mercado de turismo nestes tempos de tantas mudanças econômicas e de comportamento dos consumidores?

- A crise gerada pela pandemia impactou em cheio o turismo, que foi uma das indústrias mais afetadas. O mercado, porem, vem se recuperando gradativamente e alcançando bons números neste 2023, inclusive superando alguns indicadores pré-pandemia.

Sobre o comportamento do turista, devemos entendê-lo de uma maneira genérica, pois há enormes diferenças que dizem respeito a gostos, origens, expectativas e condições financeiras. Mesmo assim, é possível detectar algumas tendências.

Há um crescente número de turistas que estão procurando algo que vai além de viajar a novos destinos e registrá-los em fotos. Esses viajantes buscam se conectar mais profundamente com o local visitado, conhecendo costumes e a cultura de uma maneira mais detalhada. Esse ramo é chamado de “turismo de experiência”. Também podemos destacar o “turismo de bem-estar”, em que o viajante se foca no contato com a natureza e em atividades que visam à desconexão com a rotina estressante e à promoção da saúde física e mental.

2 - Como analisa a proposta das viagens como fator de cultura e busca de novos conhecimentos?

- Viajar é a melhor forma de se conhecer a cultura de um povo, pois a conhecemos in loco, sem intermediários. Passamos a compreender melhor a realidade dos outros e, como consequência, reajustamos nossos conceitos a respeito do próximo. Isso nos enriquece como seres humanos. Compreendemos que as nossas verdades culturais não são universais e que não somos nem melhores nem piores que outros povos.

Há um ditado no ramo do turismo que diz: “Viajar é o único gasto que te enriquece.” Não gosto de generalismos, mas essa afirmação pode ser usada para ilustrar sobre os benefícios de conhecer novos lugares.

3 - Há o raciocínio básico de quem mede o investimento ao pretender viajar. Como desmistificar a informação de que o turismo é caro?

- Primeiro, deve-se entender o turismo como um investimento. A ONU/Organização das Nações Unidas, no Código Mundial de Ética para o Turismo, afirma: "O turismo deve ser concebido e praticado como meio privilegiado de desenvolvimento individual e coletivo. Praticado com a necessária abertura de espírito, constitui-se em um fator insubstituível de autoeducação, de tolerância mútua e de aprendizagem das diferenças legítimas entre povos e culturas e da sua diversidade.”

Agora, compreendido o turismo como um fator de enriquecimento humano, devemos dizer que realmente há destinos que são economicamente mais acessíveis que outros. Porém, os benefícios de se praticar o turismo podem ser alcançados independentemente do tamanho do investimento. Seja visitando o Museu do Louvre, em Paris/França, ou visitando o nosso museu ao ar livre, Ouro Preto, haverá um enriquecimento cultural. Também vale ressaltar que há diversas maneiras de diminuir os custos de uma viagem, como reservar tudo com antecedência, viajar fora das altas temporadas e escolher acomodações que ofereçam um bom custo-benefício.
Ressaltamos aqui a importância do agente de viagens, que saberá indicar uma experiência turística adequada às condições e preferências de cada um. 

Abaixo, registros do casal Michel e Camila em diversos roteiros argentinos: Casa Rosada, Glaciar Perito Moreno, Glacial Upsala, Lago Fagnano, Estádio de Futebol La Bombonera/Boca Júniors, Passeio Rio de Gelo e Ushuaia.

           







UID:11224125/24/02/2024 22:13 | 0