SAÚDE

Glaucoma: a maior causa de cegueira

12/04/2018 16:00




* Bárbara Soares Gomes * Médica-Oftalmologista * CRM MG 55104

Centro Oftalmológico Pontenovense - Av. Dom Bosco, 426/2º Andar - Edifício Star Center - Palmeiras/Ponte Nova: (31)  3817-6064 e 9 8014-6064

O glaucoma é uma patologia ocular pouco conhecida, no entanto é a maior causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo. Basicamente, é causado pelo aumento da pressão intraocular, o que leva à lesão do nervo óptico.

Existem vários tipos de glaucoma, sendo o mais comum conhecido como Glaucoma Primário de ângulo aberto. O maior desafio nesse tipo de glaucoma é o fato de que ele não apresenta nenhum sintoma, só podendo ser identificado em suas fases iniciais através do exame oftalmológico de rotina. Daí a importância de consultar-se periodicamente com o oftalmologista, mesmo quem não apresente sintomas relacionados à visão.

Outros tipos de glaucoma são: Glaucoma Primário de ângulo fechado, Glaucoma Congênito e glaucomas secundários a trauma ocular, uso crônico de corticoides, doenças inflamatórias oculares e cirurgias oculares, entre outros.

Existem fatores de risco para o desenvolvimento do tipo mais comum de glaucoma, sendo alguns dos principais: história familiar da doença, idade avançada, raça negra e alta miopia.

O glaucoma não tem cura, mas tem tratamento e controle, assim como o diabetes e a hipertensão arterial. O tratamento é feito basicamente com colírios para reduzir a pressão intraocular. Em casos em que não responde ao uso de colírios, pode ser feita cirurgia, chamada trabeculectomia. Com tratamento e acompanhamento adequados, consegue-se manter a saúde ocular e evita-se a perda visual associada à doença.







UID:8825266/21/07/2018 10:15 | 0