SAÚDE

Cisamapi quer auditoria no HNSD e inquérito no MP

11/08/2017 18:00




Instituída em 8/8, durante assembleia (foto) do Consórcio Intermunicipal de Saúde/Cisamapi, a comissão encarregada de providen­ciar estudos e buscar saída contra a desativação da Maternidade e da UTI Neonatal/UTIN do Hospital de Nossa Senhora das Dores/HNSD tomou suas primeiras providências nesta sexta-feira (11/8):

- Requereu-se, na Secretaria Estadual de Saúde, auditoria nas contas do HNSD para que seja verificado como foram aplicados os valores repassados regularmente pelo Estado e a União através dos Fundos Municipais de Saúde e dos Municípios.

- Solicitou-se do Ministério Público instauração de investigação para apurar a aplicação dos recursos e, principalmente, a qualidade e a manutenção dos serviços prestados pelo Hospital de Nossa Senhora das Dores.

Até o fim da tarde desta sexta-feira (11/8), nossa Reportagem não obteve posição da Direção do Hospital. A seguir, a íntegra da nota divulgada nesta sexta-feira com assinatura de Maria Regina de Carvalho Martins, secretária-executiva do Cisamapi:

“A Prefeitura de Ponte Nova e as Prefeituras da Região, em razão dos fatos ocorridos nas últimas semanas, envolvendo os serviços de maternidade, vêm apresentar à população a verdade que envolve os serviços prestados pelo Hospital de Nossa Senhora das Dores.

De plano, deve ser esclarecido à população que são repassados anualmente mais de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) da União ao Hospital Nossa Senhora das Dores e que são retirados diretamente do caixa de cada Secretaria Municipal de Saúde da região de Ponte Nova.

Também deve ser esclarecido que o pagamento deste valor está rigorosamente em dia, não existindo qualquer atraso no repasse, mesmo diante das grandes dificuldades enfrentadas pelas Prefeituras Municipais diante da grave crise econômica que atinge o país desde o final do ano de 2014 e que se tem refletido duramente no caixa dos Municípios.

Por outro lado, as Prefeituras Municipais, além de estarem cumprindo integralmente com os repasses financeiros ao Hospital de Nossa Senhora das Dores, já realizou e vem realizando inúmeras medidas que também importam em repasses financeiros extras ao Hospital de Nossa Senhora das Dores e que alcançam um valor superior a R$ 16 milhões de reais) nos últimos 8 anos.

A Prefeitura de Ponte Nova e as Prefeituras da região disponibilizam para consulta pública, a qualquer interessado, a visualização dos documentos que comprovam os repasses dos valores informados nesta nota.

Já foi solicitado ao Estado auditoria nas contas do Hospital de Nossa Senhora das Dores, para que seja verificado como foram aplicados os valores repassados pelos Municípios.

Também já foi solicitada ao Ministério Público a instauração de investigação para apurar a aplicação dos recursos e, principalmente, a qualidade e a manutenção dos serviços prestados pelo Hospital de Nossa Senhora das Dores.

Finalizando, as Prefeitura Municipais da região afirmam à população que já estão sendo adotadas todas as medidas necessárias à manutenção do atendimento prestado pelo Hospital de Nossa Senhora das Dores.

Reafirmamos o compromisso de que não será acatada qualquer decisão do Hospital de Nossa Senhora das Dores quanto à interrupção de atendimento sem que seja assegurado o direito do cidadão à saúde.

Acesse o site da sua Prefeitura e comprove o que está sendo informado e feito pelos Municípios. As informações estarão disponíveis a partir do dia 14 de agosto.”

 







UID:7380166/24/08/2017 05:30 | 0