REGIÃO

Em PN, debate contra leilão de usinas da Cemig

10/08/2017 16:30




Na reunião da Câmara de 7/8, Hermano Luís/PT convocou a população para debate, neste sábado (12/8), às 14h, no Salão Paroquial da Igreja Matriz São Sebastião/Centro Histórico, sobre a “ameaça de privatização” de quatro usinas da Cemig: São Simão (R$ 6,74 bilhões), Jaguara (R$ 1,9 bilhão), Miranda (R$ 1,1 bilhão) e Volta Grande (R$ 1,29 bilhão).

Juntas, estas usinas respondem por cerca de 50% da energia gerada pela Cemig, informa o vereador. A esta FOLHA, Gilmar de Souza Pinto, dirigente regional/PN do Sindicato dos Eletricitários, informou que a discussão será pautada na defesa da energia como patrimônio do povo mineiro (e brasileiro). Já se programa ato público para 18/8, na Usina de São Simão, na divisa de MG/GO.

Vale ressaltar que, em 8/8 (terça-feira), a Agência Nacional de Energia Elétrica/Aneel aprovou o edital para leilão, em 27/9, em São Paulo/SP, da concessão das quatro hidrelétricas. O Governo Federal espera arrecadar R$ 11 bilhões com o certame, na expectativa de “fechar” as contas públicas deste ano.

Na Câmara Federal, há pressão unânime da bancada mineira para que as usinas não sejam vendidas. O presidente da Assembleia Legislativa/MG, deputado Adalclever Lopes/PMDB, o governador Fernando Pimentel/PT e integrantes da Frente Mineira de Defesa da Cemig cumpriram agenda em 8/8, em Brasília, contra tal leilão.







UID:7380161/24/08/2017 05:28 | 0